São Sebastião, lazer o ano inteiro!

Esta é uma das regiões mais belas do litoral norte de São Paulo, com grande preservação de sua fauna e flora e tem como característica, a Mata Atlântica como pano de fundo e o oceano Atlântico a sua frente, hora de azul intenso em outros momentos em verde escuro.

São lindíssimas praias, ilhas e enseadas distribuídas por quase 100km. Muitas destas praias são selvagens e escondidas, enquanto outras são badaladíssimas, como é o caso de Maresias que é o point preferido de surfistas. Na verdade, cada praia tem suas características próprias, atraindo assim um tipo de frequentador ou turista. Pousadas e hotéis charmosos, gastronomia diversificada, lojas, shoppings, etc... Tudo isto você vai encontrar por aqui e muito, muito lazer. As praias mais conhecidas, costumam também ficar lotadas na alta temporada e nos feriados prolongados, que são: Juquehy, Barra do Sahy, Camburi, Boiçucanga e Maresias. Para quem gosta de sossego temos as charmosas Toque Toque Pequeno, Toque Toque Grande e a Paúba, muito frequentadas por casais enamorados e famílias. Como pode ver, tem praias para todos os gostos.

Clique nas imagens para ver mais detalhes.

Um pouco de história em cada esquina, no centro histórico de São Sebastião, em torno da Igreja Matriz, com muitas casas do Brasil Colonial, onde hoje estão bares, restaurantes, hotéis e repartições públicas.
São Sebastião é a cidade mais antiga do Litoral Norte. Outrora, tempos antes do início da colonização portuguesa, a região de São Sebastião era ocupada por índios Tupinambás ao norte e Tupiniquins ao sul, sendo a serra de Boiçucanga - 30 km ao sul de São Sebastião - uma divisa natural das terras das tribos.
O município recebeu este nome em homenagem ao santo do dia em que passou ao largo da Ilha de São Sebastião - hoje Ilhabela - a expedição de Américo Vespúcio: 20 de janeiro de 1502.

A ocupação portuguesa ocorre com o início da História do Brasil, após a divisão do território em Capitanias Hereditárias. Diogo de Unhate, Diogo Dias, João de Abreu, Gonçalo Pedroso e Francisco de Escobar Ortiz foram os sesmeiros que iniciaram a povoação, desenvolvendo o local com agricultura e pesca. Nesta época a região contava com dezenas de engenhos de cana de açúcar, responsáveis por um maior desenvolvimento econômico e a caracterização como núcleo habitacional e político. Isto possibilitou a emancipação político-administrativa de São Sebastião em 16 de março de 1636.

Ele teria chegado a Roma através de caravanas de migração lenta pelas costas do mar mediterrâneo, que na época era muito abundante de causa do mar mediterrâneo e o sahara e os dias não tão quente por causa da latitude em torno de 40°. De acordo com Actos apócrifos, atribuídos a Santo Ambrósio de Milão, Sebastião era um soldado que teria se alistado no exército romano por volta de 283 d.C. com a única intenção de afirmar o coração dos cristãos, enfraquecido diante das torturas. Era querido dos imperadores Diocleciano e Maximiano, que o queriam sempre próximo, ignorando tratar-se de um cristão e, por isso, o designaram capitão da sua guarda pessoal, a Guarda Pretoriana. Por volta de 286, a sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos levou o imperador a julgá-lo sumariamente como traidor, tendo ordenado a sua execução por meio de flechas (que se tornaram símbolo constante na sua iconografia). Foi dado como morto e atirado no rio, porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e socorrido por Irene (Santa Irene), apresentou-se novamente diante de Diocleciano, que ordenou então que ele fosse espancado até a morte.
Seu corpo foi jogado no esgoto público de Roma. Luciana (Santa Luciana, cujo dia é comemorado a 30 de Junho) resgatou seu corpo, limpou-o, e sepultou-o nas catacumbas.

Fonte: Wikipedia

Espetáculo de Dança para Crianças

"Sem Fim" é o título da peça que será apresentada pela Confraria da Dança, nos próximos dias 17 (ás 18hs) e 18/05 (ás 14hs), no Teatro Municipal de São Sebastião - Av. Dr Altino Arantes, 2 - informações: (12) 3892.4489 | 3892-4462
O premiado grupo nos traz uma proposta muito interessante:
"Em volta de mim há um universo sem fim... Uma constatação simples que assombra pessoas de todas as idades. Do próprio umbigo, centro do corpo; ao centro da terra; ao centro do sistema; em busca do desconhecido universo que alimenta o âmago da vida. Encaramos estes questionamentos e nos pusemos a brincar com nossos corpos. E criamos este espetáculo “SEM FIM” para aguçar a criançada a questionar, imaginar e recriar o Universo ao redor.
É grande nosso contentamento em realizar esta circulação através da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. Venha explorar o Universo com a gente... Afinal, de bailarino, cientista, filósofo e louco, todo mundo tem um pouco!!!"
Diane e Marcelo - Confraria da Dança


Feriado de Corpus Christi 2015

Aproveite este feriado e venha desfrutar momentos agradáveis em São Sebastião, com sua família e amigos. Esta é uma época muito ...Leia mais...

Dia dos Namorados 2015

Neste dia dos namorados (12/06/2015) venha curtir momentos românticos nas praias de São Sebastião ...Leia mais...

Carnamar 2015

O Carnamar é um dos mais tradicionais e esperado evento da cidade, que está na sua 25ª edição. Ocorre no domingo de Carnaval e...Leia mais...

Torneio Aleluia de Canoagem em Toque Toque Pequeno

Neste próximo sábado - 04/04/2015 - várias provas esportivas e exposição de arte e cultura caiçara local marcarão mais...Leia mais...

Dança de Rua no Anfiteatro de São Sebastião

As coreografias do Grupo Descendentes de Rua contagiaram os presentes mostrando um bom nível de criatividade... Leia mais...

Programação Carnaval 2015

Além do Carnamar e dos desfiles e bailes no Centro da cidade, os foliões das praias de Boiçucanga e Barra do Una, também terão...Leia mais...